Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \20\UTC 2007

O VERDADEIRO SENTIDO

3340g1.jpgNatal! Ano Novo!

A cada final de ano começa uma nova história para o mundo, uns no lado espiritual e outros no carnal. Presentes, festas, algumas famílias reunidas, outras não, quanta coisa nova e assim vai de geração em geração.

Muitos estão em sofrimento, na dor, lutando pela vida ou chorando pela perda da vida.Jesus disse: eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância (João 10.10). Mas, a imprudência de muitos leva apenas a destruição, muitos sofrem pelo curso da vida, outros pelas próprias mãos. Em tempos de festas, bebem em excesso, se drogam, fazem tudo o que querem, como se o começo fosse o fim, como se não houvesse um amanhã, não há perspectivas. Num momento acordam em um pesadelo, para muitos sem volta.

O verdadeiro sentido da vida é viver no amor, ter um Natal e um ano novo saudável entre família e amigos. Onde estivermos sejamos gratos à Deus pelo seu amor em nossas vidas.Que nosso sentimento seja de paz e de amor, vivendo uma vida na Plenitude do Espírito, com ou sem dinheiro, com ou sem presentes, não importa, pois não há nada mais precioso do que a vida recebida de Cristo Jesus!

E que venhamos a viver uma expressão de 1 Coríntios 13: Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará. O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos. Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino. Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.E para você que está na alegria ou na dor, Jesus é o único caminho, a verdade e a vida (João 14.6).

“Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.
Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós.
Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.”
Mateus 5.3-12

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!

Erlete Martins

Read Full Post »